ABC e Globo pela segunda rodada da Copa do Nordeste

A segunda rodada da Copa do Nordeste 2018 continua nesta quarta-feira (31). Às 20h (de Brasília), o confronto potiguar entre ABC e Globo será disputado no Frasqueirão, em Natal. Pelo Grupo B, a equipe alvinegra vem de vitória por 3 a 1 sobre o Ferroviário-CE, fora de casa, enquanto o time tricolor busca seus primeiros pontos na competição – perdeu por 2 a 1 para o Vitória-BA na primeira rodada.

Confira os detalhes da partida desta quarta-feira e clique na imagem para acessar a tabela completa do Nordestão 2018!

abc

ad-pingo

No duelo das arenas, Palmeiras chega a R$ 200 milhões de renda 13 jogos antes do Corinthians

O Palmeiras tem muito mais a comemorar do que os três pontos conquistados contra o Red Bull Brasil, após a vitória por 2 a 1 na última quinta-feira, pela 3ª rodada do Campeonato Paulista.

No duelo contra a equipe de Campinas, o time alviverde chegou à incrível marca de R$ 200 milhões brutos arrecadados em bilheteria no Allianz Parque – e tudo isso em menos de 100 partidas.

O duelo contra o Red Bull foi acompanhado por 26.559 torcedores, que geraram uma renda de R$ 1.520.285,80.

Com isso, o Palmeiras bateu a marca e agora tem cerca de R$ 201 milhões acumulados nos cofres desde que a moderna arena foi inaugurada, no final de 2014, com 96 partidas realizadas no local até hoje.

O rival Corinthians, por exemplo demorou 109 jogos para chegar aos R$ 200 milhões.

A marca alvinegra foi batida em partida contra o Patriotas-COL, em julho do ano passado, pela Copa Sul-Americana.

Na ocasião, 34.472 torcedores promoveram uma arrecadação bruta de R$ 1.593.595,90 – o tíquete médio da Arena Corinthians é de cerca de R$ 60.

Na história, a maior renda do Allianz Parque em partidas do Palmeiras foi a de R$ 5.336.631,25, conquistada na final da Copa do Brasil de 2015, contra o Santos.

Confira as cinco maiores bilheterias do Allianz em jogos do Palmeiras:

 

A construção do Allianz Parque ajudou o Palmeiras a retomar o protagonismo no cenário nacional, além de ter transformado o time em uma potência financeira.

Desde que a arena foi concluída, a equipe faturou dois títulos nacionais (Copa do Brasil 2015 e Campeonato Brasileiro 2016), além de ter sido vice do Brasileirão no ano passado.

Muito disso graças à média de 30 mil pagantes por jogo, que topam pagar um tíquete médio de quase R$ 70, e à renda de praticamente R$ 2 milhões por duelo.

No acordo firmado entre Palmeiras e a WTorre, que é a administradora do estádio, o clube alviverde fica com toda a bilheteria dos jogos, depois que são descontadas as despesas das partidas.

Cada partida tem em média R$ 700 mil de custo operacional, entre taxas pagas à FPF (Federação Paulista de Futebol) e à CBF (Confederação Brasileira de Futebol), além de outros custos, como funcionários, médicos e seguranças.

Além do “Verdão”, o estádio ainda gerou duas bilheterias gigantescas em jogos da seleção brasileira.

Em outubro do ano passado, a partida entre Brasil e Chile, pelas eliminatórias da Copa do Mundo 2018, conseguiu um absurdo montante de R$ 15.118.391,02.

Já em 2015, em amistoso contra o México, foram R$ 6.737.030,00 gerados pelo confronto.

O próximo jogo do Palmeiras no Allianz será no dia 4 de fevereiro. Um clássico contra o Santos, que promete gerar mais uma grande bilheteria e colocar ainda mais grana nos cofres alviverdes.

Por Francisco De Laurentiis

Portal ESPN

IMG-20171031-WA0183

CBF promove Curso Gestão de Futebol com início em fevereiro

tb3_15083372394Objetivo
Com programação composta por atividades teóricas e práticas, dinâmicas, discussões em grupo e estudos de caso, este curso apresentará o que há de mais moderno em gestão com foco em instituições ligadas ao futebol. Docentes capacitados em gestão trarão suas experiências, bem como gestores esportivos atuantes apresentarão suas técnicas de sucesso. Os principais objetivos a serem alcançados são:

 

  • Contribuição relevante para a capacitação dos gestores esportivos
  • Impacto significativo na administração das principais entidades ligadas ao futebol
  • Criação de programas de gestão esportiva eficientes e aplicáveis
  • Desenvolvimento de propostas de soluções concretas para as diferentes instituições
  • Estímulo ao relacionamento entre os gestores esportivos
  • Troca de ideias e experiências

O Curso de Gestão de Futebol é uma iniciativa da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), visando contribuir de forma relevante na capacitação dos gestores esportivos envolvidos com o futebol. Como estes profissionais têm papel fundamental no processo de planejamento e operação de suas instituições, é de suma importância estarem informados e atualizados sobre os processos mais eficientes, inovadores e mudanças ocorridas na área nos últimos anos.

A CBF tem grande preocupação com o aprimoramento dos gestores esportivos devido à relevância e impacto de suas atuações no mundo do futebol, seja em seu fomento e desenvolvimento ou na alta performance. Assim sendo, o Curso de Gestão de Futebol contará com um programa de atividades que visam melhorar a preparação as capacidades de atuação dos gestores esportivos.

Pré-Requisito
Ensino Superior completo.

Processo Seletivo

  • Currículo Vitae e;
  • Comprovante de conclusão do Ensino Superior.

Obs: Os currículos serão analisados no prazo de até 15 dias. A CBF Academy entrará em contato com os aprovados no curso para demais procedimentos e informações.

Período e Local

Data: 22 de fevereiro a 27 de outubro
Local: Barra da Tijuca (Sede CBF) – Rio de Janeiro/ RJ

Número de Vagas
A turma será composta por no máximo 80 alunos.

Acomodação e Refeições
A acomodação é de responsabilidade dos alunos. A CBF oferece almoço e coffee break como cortesia para os participantes.

Investimento e Formas de Pagamento

  • Valor: R$ 9.600,00
  • À vista: 5% de desconto
  • Boleto: 8x sem juros
  • Cartão: 12x sem juros

Carga Horária
160 horas/aula presenciais.

Horário das Aulas

Quinta das 10h às 19:15h
Sexta das 10h às 19:15h
Sábado das 9h às 13:15h

Grade Curricular
MÓDULO I – Governança e Organização do Futebol – 22, 23 e 24 de fevereiro
MÓDULO II – Planejamento Estratégico – 22, 23 e 24 de março
MÓDULO III – Direito Desportivo – 26, 27 e 28 de abril
MÓDULO IV – Marketing Esportivo – 17, 18, e 19 de maio
MÓDULO V – Finanças e Recursos Humanos – 19, 20 e 21 de julho
MÓDULO VI – Gestão de Competições – 23, 24 e 25 de agosto
MÓDULO VII – Gestão Técnica do Departamento de Futebol – 27, 28 e 29 de setembro
MÓDULO VIII – Comunicação no Futebol – 25, 26 e 27 de outubro

Conteúdo Programático

Governança e Organização do Futebol
Aspectos históricos – a chegada e evolução do futebol no Brasil; Futebol como fator de inclusão social. A relação com o poder público; os dilemas do planejamento de um sistema esportivo aberto e os conflitos de expectativas de resultados; ciclos virtuosos/vicioso e a cadeia de valor no futebol; relações clube-empresa; definição do porte e objetivos nos clubes de futebol; modelos internacionais de organização do futebol; GRC (Governança, Riscos e Compliance) – desafios e aplicabilidade para clubes e federações no contexto atual; Organização das ligas de futebol amador; A importância dos registros de atletas e suas consequências econômicas.

Planejamento Estratégico
Princípios e fundamentos de planejamento; importância do planejamento estratégico; alinhamento conceitual e percepção do nível de maturidade no cenário esportivo e posicionamentos de curto e longo prazo; Análise de ambientes externos e internos; Perspectivas das Partes Interessadas; Identificação de fatores críticos controláveis e observáveis; Definição de objetivos aspiracionais e operacionais; Estratégias de gestão no futebol; Ferramentas e metodologias de gestão de portfólio de projetos; Construção de Mapas Estratégicos; Avaliação da Matriz de objetivos/projetos.

Direito Desportivo
Introdução ao estudo do direito desportivo; Panorama legislativo; O atleta profissional e sua relação com o clube; Contrato especial de trabalho desportivo; Contrato de licença de uso dos direitos da personalidade; Direito de arena; Direitos federativos e direitos econômicos; Transferências nacionais e internacionais; Regulamentos FIFA e CBF de intermediários; Formação de atletas; Justiça desportiva; Estatuto do torcedor; Ética no futebol; Proteção ao jogo – doping e “match-fixing”; Lei de incentivo ao esporte; Contratos de exploração comercial; Licenciamento de marcas e símbolos.

Marketing Esportivo
Conceitos e fundamentos do marketing; Marketing no esporte e através do esporte; Estruturação do departamento de marketing/comunicação em clubes; Branding para clubes de futebol; A visão dos clubes e dos patrocinadores; O sócio torcedor e o fã de futebol, fidelização, experiências de consumo; Esporte como conteúdo de mídia; Patrocínio Esportivo e ativação comercial, institucional e relacional de marcas; Oferta vs demanda no futebol; Exploração comercial de estádios e arenas; Maximização de receitas em clubes de futebol e entidades esportivas.

Finanças e Recursos Humanos
Princípios e fundamentos de economia; Variáveis econômicas; Interpretação e preparação do orçamento e dos demonstrativos financeiros; Análise de relatórios financeiros; Gestão contábil e financeira; Análise de investimentos, risco & retorno; Endividamento & alavancagem; Avaliação dos clubes/empresas; Equilíbrio financeiro nas organizações esportivas; Responsabilidade fiscal; RH em eventos esportivos; Gestão de pessoas em organizações intensivas em talentos; Estilos de liderança; Principais processos de gestão de pessoas; Planejamento de equipes multifuncionais; Capacitação e desenvolvimento de pessoas; Construindo uma ferramenta de desenvolvimento de talentos.

Gestão de Competições
Estrutura de campeonatos nacionais e internacionais; Etapas das competições: concepção, análise de viabilidades técnicas e financeiras, tabelas e regulamentos, mecanismos operacionais e de controle, e métricas de avaliação do sucesso; Os produtos CBF; A arbitragem em campeonatos; Regulamentação de estádios; Preparação dos campos de futebol e a importância da qualidade do piso esportivo – tecnologias e manejos; Gestão de arenas esportivas.

Gestão Técnica do Departamento de Futebol
Introdução e orientações gerais sobre a disciplina; capacitação profissional no futebol na era da informação; Introdução à gestão no futebol e gestão técnica e os desafios do trabalho integrado no futebol; um diagnóstico do futebol brasileiro; noções de planejamento na perspectiva técnica; formação profissional em futebol no mundo e no Brasil; A formação na base – seleção, captação e desenvolvimento do talento no futebol; Avaliação sistêmica e interdisciplinar no futebol; Medicina no futebol; Evolução das metodologias do treinamento no século XXI.

Comunicação no Futebol
Operações e serviços de mídia – planejamento e operação da estrutura e serviços para jornalistas em eventos esportivos, jogos, competições nacionais e clubes; Estratégias de comunicação de clubes e federações com imprensa, assessoria de imprensa e mídia training; Relacionamento com públicos alvo; Redes Sociais e webTV para mobilização de torcida; Potencialização de canais e plataformas midiáticas; Marketing digital em clubes de futebol; Avaliação de ROI em campanhas publicitárias e mídias sociais.

CBF

 

IMG-20171031-WA0183

ABC apresenta novos planos para a temporada 2018 do Programa Sócio Mais Querido

BANNER_140cmX120cm

O Programa Sócio Mais Querido lançou os planos para a temporada 2018, ano em que o principal objetivo do ABC Futebol Clube é voltar à Série B do Campeonato Brasileiro. O MAIOR DO RIO GRANDE DO NORTE conta com o apoio da MAIOR TORCIDA do estado para fazer do sócio torcedor o MAIOR PATROCINADOR do Clube.

DESCONTOS AFINIDADE CLUB | O Sócio Mais Querido com muito mais vantagens que vão além do acesso aos jogos com mando do ABC. Todos os sócios têm acesso à Rede ABC Afinidade Club de descontos, com mais de 300 empresas onde você pode economizar. Saiba quais são acessando http://afinidadeclub.com.br/portal/.

DESCONTOS MOVIMENTO FUTEBOL MELHOR | O Futebol Melhor é a união de torcedores, clubes e grandes empresas que acreditam que o nosso futebol tem um potencial gigante para se desenvolver mais. Para entrar nesse Movimento tem que ter amor à camisa, mas também ao bolso. Tudo começa com você aderindo ao Programa Sócio Mais Querido. Os benefícios dos sócios deixaram de ser simplesmente na compra de ingressos, foram para fora do estádio e estão chegando no seu dia a dia, em mais de 1000 estabelecimentos espalhados pelo Brasil. Os sócios do Mais Querido têm descontos em produtos e serviços de várias marcas participantes. E o melhor, basta informar o CPF no ato da compra. Acesse http://www.futebolmelhor.com.br/ e saiba como economizar!

Você vai ver: os descontos são maiores que a mensalidade. E assim, todo mundo vai ganhar: o torcedor e o ABC!

OPORTUNIDADE ÚNICA | Sócio tem exclusividade na participação em eventos e ações exclusivas do Programa Sócio Mais Querido, Sócio Fantinho tem preferência no acesso ao gramado ao lado dos guerreiros alvinegro e MUITO MAIS!

Não perca tempo! Compareça à Central de Atendimento ao Sócio Mais Querido, localizada no Espaço Mais Querido, no Estádio Frasqueirão, ou acesse https://www.sociomaisquerido.com.br/ e faça a sua adesão ao maior programa de sócios do estado!

CONFIRA OS PLANOS E OS SEUS BENEFÍCIOS:

Plano PET:

Valor: R$ 60,00 (anuidade)
Adesão: R$15,00

Benefícios:
– Cartão personalizado;
– Status de mascote oficial do clube

Plano Fantinho:
Valor: R$ 120,00 (anuidade)
Adesão: R$15,00

Benefícios:
– Acesso a todos os jogos do ABC no Frasqueirão – até 12 anos – quando ABC mandante;
– Cartão personalizado;
– Posto de Atendimento Exclusivo
– Posto de Venda Exclusivo
– Desconto da Rede ABC Afinidade Club
– Desconto na Rede Movimento Futebol Melhor
– Até 5% de desconto para compras no Espaço Mais Querido
– Participação em eventos e ações exclusivas SMQ
– Entrada exclusiva como Mascote no Frasqueirão em dias de jogos;
– 5% nas mensalidades Escolinha do ABC e produtos envolvidos

Plano Organizado:
Valor: R$ 34,90 (mensalidade)
Adesão: R$15,00

Benefícios:
– Acesso para setor de arquibancada em jogos do ABC como mandante
– Direito a voto nas eleições do clube;
– Cartão personalizado;
– Posto de Atendimento Exclusivo
– Posto de Venda Exclusivo
– Desconto da Rede ABC Afinidade Club
– Desconto na Rede Movimento Futebol Melhor
– Até 5% de desconto para compras no Espaço Mais Querido
– Participação em eventos e ações exclusivas SMQ
– Entrada exclusiva no Frasqueirão em dias de jogos
– 10% nas mensalidades Escolinha do ABC e produtos envolvidos
– Desconto no Estacionamento do clube

Plano Mais Querido:
Valor: R$ 59,90 (mensalidade)
Adesão: R$15,00

Benefícios:
– Acesso para setor de arquibancada em jogos do ABC como mandante
– Direito a voto nas eleições do clube;
– Cartão personalizado;
– Posto de Atendimento Exclusivo
– Posto de Venda Exclusivo
– Desconto da Rede ABC Afinidade Club
– Desconto na Rede Movimento Futebol Melhor
– Até 10% de desconto para compras no Espaço Mais Querido
– Participação em eventos e ações exclusivas SMQ
– Entrada exclusiva no Frasqueirão em dias de jogos
– 20% nas mensalidades Escolinha do ABC e produtos envolvidos
– Desconto no Estacionamento do clube

Plano Mais Querido Premium:
Valor: R$ 119,90 (mensalidade)
Adesão: R$15,00

 Benefícios:

– Acesso para setor de cadeira em jogos do ABC como mandante
– Direito a voto nas eleições do clube;
– Cartão personalizado;
– Posto de Atendimento Exclusivo
– Posto de Venda Exclusivo
– Desconto da Rede ABC Afinidade Club
– Desconto na Rede Movimento Futebol Melhor
– Até 15% de desconto para compras no Espaço Mais Querido
– Participação em eventos e ações exclusivas SMQ
– Entrada exclusiva no Frasqueirão em dias de jogos
– 30% nas mensalidades Escolinha do ABC e produtos envolvidos
– Desconto no Estacionamento do clube

Informações: (84) 3346-9100
www.abcfc.com.br

Assessoria de Imprensa

IMG-20171030-WA0025

CBF implanta Programa de padronização contábil: etapa concluída

Duas regiões do Brasil já receberam a visita técnica da Confederação Brasileira de Futebol em busca da uniformização das demonstrações contábeis. A comitiva concluiu em janeiro o trabalho presencial nas federações do Norte e Nordeste do país. Iniciado em 2016 com a confecção e distribuição do manual de políticas contábeis e modelo de demonstrações financeiras, o projeto realizou a consultoria com objetivo de conhecer as equipes financeiras, explicar as melhores práticas e sanar possíveis dúvidas.

As visitas seguem avançando e as federações da região Centro-Oeste do país vão receber as próximas consultorias. Os encontros são liderados por representantes da BDO RCS Auditores Independente, empresa contratada pela CBF para planejamento e realização da padronização.

— Nosso programa de governança para o futebol brasileiro avança. Desenvolvemos um trabalho de excelência nesta área, com auxílio das melhores consultorias do mercado, e agora já podemos compartilhar esse modelo contábil com as federações. Paralelamente pretendemos também alcançá-lo aos clubes por meio da Licença de Clubes. A padronização contábil nos permite melhores diagnósticos e a organização de soluções eficazes e úteis para toda a estrutura do futebol – afirma o Diretor Executivo de Gestão da CBF, Rogério Caboclo.

O objetivo do projeto é possibilitar maior clareza e transparência na geração e divulgação dos dados. A evolução desde a distribuição do manual até o momento atual é notável.

– Já tivemos uma melhora importante no último ano e um feedback muito positivo das federações. Todas estão engajadas no sucesso desta padronização. É um processo de longo prazo, mas já estamos colhendo bons frutos – destacou o diretor de finanças da CBF, Gilnei Botrel.

O consultor Carlos Aragaki, representante da BDO RCS, liderou os encontros e falou sobre a evolução do processo.

– Não temos a padronização total ainda, mas demos um passo importante em busca de mais profissionalismo e transparência. É uma semente que foi plantada e seguimos em busca de um projeto completo, que tem como objetivo final a governança e a conformidade com um modelo moderno de gestão – declarou o profissional sobre suas primeiras impressões.

O presidente da Federação de Futebol do Estado do Acre, Antônio Aquino Lopes, elogiou a iniciativa e destacou a importância do trabalho em conjunto em busca da padronização das finanças.

– A orientação passada na visita foi muito interessante. Foi feita uma revisão da nossa contabilidade e ficou claro que já estamos colocando em prática a padronização nacional e o quão isto é importante. Seguimos trabalhando para alcançar uma evolução cada vez maior, pois tudo isso vem para facilitar o nosso trabalho – afirmou.

Outra Federação que recebeu a visita recentemente foi de Rondônia. O presidente da Entidade, Heitor Costa, ressaltou a relevância do encontro e parabenizou o Departamento de Finanças da CBF.

– Foi um primeiro contato presencial e tivemos uma impressão excelente. É uma atitude louvável da CBF essa de passar orientações às federações sobre as práticas financeiras, pois há necessidade de utilizarmos práticas comuns. Já estamos implementando uma padronização nas nossas ações e seguimos em busca dos 100% – finalizou.

CBF

IMG-20171030-WA0025

Brasil começa ano da Copa da Rússia em 2º no ranking; Alemanha segue líder

Portugal e Argentina vêm logo atrás, seguidos da Bélgica, Espanha, Polônia e Suíça, que ocupa o oitavo lugar

seleção brasileira começa o ano da Copa do Mundo da Rússia na segunda colocação do ranking da Fifa, atualizado nesta quinta-feira. O time comandado pelo técnico Tite só está atrás da Alemanha, que ocupa a primeira colocação desde setembro, quando ultrapassou o Brasil.

Um dos principais favoritos ao título no Mundial, o time alemão soma 1.602 pontos, contra 1.483 da equipe brasileira. Portugal e Argentina vêm logo atrás, seguidos da Bélgica, Espanha, Polônia e Suíça, que ocupa o oitavo lugar.

O time suíço será um dos adversários do Brasil na fase de grupos da Copa do Mundo. Os outros serão a Costa Rica e a Sérvia, que estão em 27º e 37º lugar, respectivamente.

França e Chile, em 9º e 10º lugares, fecham o Top 10 do ranking, que não sofrem alteração em relação à última atualização, feita em dezembro. A primeira mudança na lista aconteceu somente na 15ª posição, com a Croácia subindo duas colocações e desbancando a Inglaterra e o México.

A próxima atualização do ranking da Fifa acontecerá no dia 15 de fevereiro.

Confira a lista dos 20 primeiros colocados do ranking da Fifa:

1º – Alemanha, 1.602 pontos

2º – Brasil, 1.483

3º – Portugal, 1.358

4º – Argentina, 1.348

5º – Bélgica, 1.325

6º – Espanha, 1.231

7º – Polônia, 1.209

8º – Suíça, 1.190

9º – França, 1.183

10º – Chile, 1.147

11º – Peru, 1.128

12º – Dinamarca, 1.099

13º – Colômbia, 1.078

14º – Itália, 1.052

15º – Croácia, 1.048

16º – Inglaterra, 1.047

17º – México, 1.032

18º – Suécia, 1.000

19º – País de Gales, 985

20º – Islândia, 959

Por Agência Estado – Portal: www.futeboldointerior.com.br

JD DESIGN DIGITAL

Cristiano Ronaldo diz que seu salário, de R$ 82 milhões, é ‘falta de respeito’

Os 21 milhões de euros (R$ 82,5 milhões) por ano já não são suficientes para Cristiano Ronaldo. De acordo com o jornal El Mundo, pessoas no entorno do craque português afirmam que ele está incomodado por ter ficado muito para trás de Lionel Messi e Neymar.

Segundo a publicação, o jogador do Real Madrid ordenou que seus assessores analisem os contratos do argentino e do brasileiro e acertem, de forma iminente, uma renovação nos mesmos formatos, mas com a cifra de 40 milhões de euros (R$ 157,52) por ano.

Pessoas que convivem com CR7 afirmam que o jogador se sente incomodado pelo Real Madrid não cumprir a promessa de rever os números do contrato do português, afirmando que “não se trata de uma questão de dinheiro, mas de status”.

Cristiano Ronaldo insiste que deseja terminar a carreira na equipe espanhola, mas acredita que “é o melhor jogador do mundo e deve receber como tal”.

Assim, ele cobra um sinal por parte do clube para não ser mais o terceiro jogador mais bem pago do mundo, algo que consideraria como “uma falta de respeito” e o faz “não se sentir querido”, afirma o jornal, afetando até mesmo seu rendimento.

O texto do El Mundo diz ainda que não existe a crença de que Cristiano Ronaldo deixaria o Real para ganhar quanto deseja no futebol chinês, mas que o português estaria disposto a voltar ao futebol inglês, usando mais uma vez a camisa do Manchester United.

Fonte: espn.com.br

campo

Mudança no regulamento fará Paulistão dar vez aos novos talentos

Atendendo pedidos dos clubes, a FPF autorizou que atletas oriundos da base possam disputar o torneio sem ocupar vagas

Uma mudança no regulamento deste ano do Campeonato Paulista, que começa quarta-feira, pode proporcionar a revelação de novos talentos no Estadual e ajudar os clubes tanto do ponto de vista técnico como do financeiro. Atendendo pedidos dos clubes, a Federação Paulista de Futebol (FPF) autorizou que atletas oriundos da base possam disputar o torneio sem ocupar vagas dentre os 26 inscritos.

Serão duas listas de inscrições. Uma terá até 26 atletas, que podem ou não ser da base. Uma outra, que será chamada de Pratas da Casa, contará apenas com garotos de até 21 anos, que estão nas categorias inferiores do clube há pelo menos um ano e que tenham disputado um torneio por essa agremiação. Essa lista é ilimitada e poderá dar a muitos jovens a oportunidade de mostrar qualidade e, quem sabe, conquistar mais espaço entre os profissionais.

“A mudança facilita a integração dos meninos com o time principal e estimula os clubes a investirem na formação de atletas”, explica Gustavo Vieira, diretor executivo do Santos, um dos times que mais utilizam garotos em seu elenco.

Para o vice-presidente do Departamento de Integração com Atletas da FPF, o ex-jogador Mauro Silva, a mudança deve fazer com que alguns dirigentes também passem a pensar diferente. “Creio que vão começar a ver a base como um investimento e não como uma despesa”, disse, lembrando que os times poderão apostar em um garoto em vez de contratar um jogador para ser reserva, por exemplo.

BENEFÍCIOS
Equipes que têm feito um bom trabalho nas divisões inferiores são as que mais devem se beneficiar com a mudança. O Palmeiras, por exemplo, apesar do elenco recheado, tende a dar oportunidade aos jovens que estão se destacando, como Artur e Léo Passos.

“Isso dá a oportunidade de que, em muitos momentos, a gente possa dar uma experiência de competição para os garotos. Faz com que todos ganhem”, disse o gerente de futebol do Palmeiras, Cícero Souza.

Dorival Júnior espera aproveitar a boa safra de talentos oriundos de Cotia para lançar alguns garotos no São Paulo, como Paulo Boia e Rony. “Teremos mais opção para mexer no time e alguns jovens aguardam pelo momento de poder mostrar serviço. Quem ganha com tudo isso é o futebol, que conta com mais jovens surgindo”, opinou o treinador são-paulino.

Os clubes do interior também gostaram da mudança. A Ponte Preta, atual campeã paulista sub-17 e vice sub-20 deve aproveitar bastante a alteração no regulamento. “Já subimos diversos jogadores e vamos aproveitar também a Copa São Paulo. Nossa ideia é utilizar sim, ao máximo, os jovens e mostrar nossa força”, disse o presidente José Armando Abdalla Júnior.

O Mirassol, que se mantém financeiramente muito graças à venda de jogadores, acredita que terá mais oportunidade de mostrar seus talentos. “A alteração é salutar, pois estimula a formação de atletas. Os garotos também se animam, pois sabem que há mais chances de jogarem agora. Nós, como clube fundador, aprovamos e lutamos muito por essa mudança”, comemorou o presidente, Edson Antônio Ermenegildo.

Portal Futebol do Interior

JD DESIGN DIGITAL